Páginas

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

EveAwards 2011(ou "Retrospectiva 2011")

Olá, sejam bem-vindos à cerimônia de premiação dos EveAwards 2011, que premiarão ficticiamente fatos reais de 2011 :P

Sem mais delongas, os "vencedores" são:

Gadget Superfaturado do ano: iPhone 4S vendido no Brasil.
Lançamento de serviço que existe na gringa há eras, um empate: Netflix e iTunes Store.
Tecnologia fantástica mas que ninguém ainda achou utilidade: Thunderbolt
Música grudenta do ano: Party Rock Anthem - LMFAO
Filme de animação do ano: Rio
Tragédia do ano: meu iPod que quebrou o vidro :P
Escândalo do ano: Carrier IQ
Fiasco do ano, empatados: HP Touchpad e RIM PlayBook
Opensource do ano: webOS
Milagre do ano: Windows Live Messenger por XMPP
Gadget porcaria do ano, empatados: todos os tablets Android
Software bonitinho que eu espero ter futuro, empatados: Windows Phone 7 e Windows 8

Se tiverem mais sugestões de categorias, comentem!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

iTunes Match

Oi pessoal,
antes de mais nada, desculpa pelo abandono disso aqui. Foi falta de inspiração mesmo :P
Vamos ao que interessa:

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Impressões - Parallels Desktop 7

Update: hoje(14/9/2011), saiu também a versão 4 do VMware Fusion, concorrente do Parallels. Não sei se vou atualizar, porque o Parallels me atende bem.

No último dia 1º saiu a versão 7 do Parallels Desktop for Mac, provavelmente o melhor software de virtualização para Mac. E eu não resisti e comprei o update(até porque eu tinha uns probleminhas).

De cara, a tal textura linen(aquela do fundo das pastas do iOS e da tela de login do Lion) se espalhou por quase tudo que é janela do Parallels, começando pela lista de VMs. 
Não que seja feio nem nada, mas acho que estão abusando um bocado dessa textura...

Mas provavelmente uma das novidades mais interessantes dele é o suporte do Lion como guest. Sim, dá pra virtualizar o Lion! Aqui, com 4GB de RAM, virtualizar uma VM que pede 2GB não é tarefa simples, mas até que funciona. Aliás, o programa parece mais rápido nessa versão.
Um novo truque do Parallels 7 é servir como cliente VNC do Mac OS X host, além das VMs com o aplicativo para iOS. Não testei, mas parece interessante.

Além disso tudo, tem algumas melhorias, como VMs prontas do Ubuntu, Chrome OS e Fedora que podem ser baixadas direto da janela de criação de VM, suporte a full-screen do Lion, conserto de bugs, melhor desempenho 3D, ...

Bom, era isso que eu tinha pra dizer, e não quero me aprofundar muito, isso é só um post de impressões e tal. Qualquer coisa, a caixa de comentários está aí embaixo.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Meus celulares

Oi almas raras que lêem essa porcaria esse lindo blog!
Resolvi fazer um post sobre os celulares que eu tive/tenho.

Meu primeiro celular foi um top de linha celular "barato" de 149 reais, um Nokia 2280, que nem lembro em que ano eu comprei:
Bem, ele telefonava, mandava SMS de até 125 caracteres(a Vivo capando os aparelhos), tinha Java(mas não dava pra instalar nada, culpa da Vivo) e WAP.
Ah sim, tinha uma anteninha fina como um arame e do tamanho do aparelho, super chic #NOT. Ao menos essa coisa pegava até no inferno!
Durou até 2008(ou foi 2009?), quando meu pai tacou numa parede porque ele ficou sem bateria quando ele tava numa chamada. Aliás, foi a bateria gasta que me fez trocar ele por um LG Shine Slim em 2008:
Comprei ele por 349+minha alma contrato de 1 ano com a Vivo no plano Controle. Só não levei o número do 2280 pra ele porque não tinha como ir pra uma loja própria da Vivo na época.
Enfim, o aparelho tinha uma câmera mais ou menos e com flash, apesar dos 2MP, tela colorida, era fininho. Mas pegava mal pra c*ralho(pensei que era culpa da Vivo) e a bateria durava pouquinho. E o plano Controle da Vivo era(e é) uma bosta.







Quando minha fidelidade venceu, mudei pra Claro(com portabilidade!) e comprei um LG Cookie:
Mais venda de alma um contrato de 1 ano, Controle 35. Ao menos o plano da Claro não é tão ruim. Paguei 519 nele.
O aparelho é bem mais ou menos, e a tela resistiva e o SO meio vagaroso não ajudam. Mas não era um aparelho tão ruim.








No ano passado(2010) eu comprei um Samsung Galaxy 5 desbloqueado no Carrefour.com.br:
Uma bela porcaria! Não voltava a dar sinal se ficasse sem serviço por muito tempo, me deixava sem sinal se entrasse em 3G, o GPS e a bússola não funcionavam direito. Enfim, coloquei a Samsung no PROCON e recebi o dinheiro de volta.




Como eu precisava de um celular e queria um smartphone, comprei um Motorola MB502:
Paguei 718 nele, desbloqueado. O bichinho tem uma tela MUITO RUIM, é grandão e trambolhudo,come uma bateria, esquenta pacas e o Motoblur é uma merda, mas ao menos funciona.





Além desses, eu tenho na gaveta um Motorola C650 que eu comprei da minha prima por 20 reais. Comprei pra ter como estepe, foi bem útil enquanto eu mandava o Galaxy 5 pra Samsung, um Motorola V3 que era do meu pai e que tá com a tela estourada(meu pai passou com o trator por cima sem querer...), um Nokia 2760 que não segura carga na bateria(meu pai molhou ele...), o Cookie com a película que protege o digitizer arrancada(tava dando problemas pra detectar os toques) e um Huawei E226 com adesivo do Evernote. Além disso, acabei de aposentar o E226 por um E1756 que eu comprei usado no MercadoLivre. Botei uma fita isolante nele pra sumir com o logo da Vivo.

Enfim, esses são meus celulares. Contem sobre os seus nos comentários.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Pacotes pré - post bônus

UPDATE(18/3/12): a essa hora o post já deve estar desatualizado.
Veja também os posts anteriores sobre planos pré, pós, "controle" e internet 3G.

Voltei, com mais um post sobre os preços insanos das teles brasucas.
Dessa vez vou falar sobre os pacotes pré de internet pra celular.
Mas antes, adivinha? Mais uma tabela chata e longa: